Questão discursiva comentada sobre antibióticos e bactérias

(USCS/2019-2) O cloranfenicol é um antibiótico que foi isolado de culturas de Streptomyces venezuelae em 1947 e atualmente é produzido sinteticamente. Atua interferindo na síntese proteica bacteriana e funciona principalmente como agente bacteriostático.
Seu espectro de ação é bastante próximo ao das tetraciclinas e inclui bactérias Gram-positivas e Gram-negativas, ricketsias e clamídias.
(Ministério da Saúde. Nota técnica no 295/2013. Adaptado.)
a) Em qual organela bacteriana o cloranfenicol atua? Qual tipo de ácido nucleico compõe essa organela?

b) Qual característica da parede celular das bactérias é utilizada como critério para separar as bactérias em Gram-positivas e Gram-negativas? Qual a forma mais comum de contaminação por ricketsias (Rickettsia rickettsii) em seres humanos?

RESOLUÇÃO:
A) O cloranfenicol atua sobre os ribossomos da bactéria. Essa organela é constituída pelo ácido nucleico RNA ribossômico.

B) O critério empregado para classificar as bactérias em Gram positivas e Gram negativas é a quantidade de peptoglicano e de lipídios na parede celular.
A forma clássica de contaminação pela  Rickettsia rickettsii é através da picada pelo carrapato estrela (Amblyoma cajennense).

0 comments… add one

Leave a Comment