Famerp 2016 – prova para medicina resolvida – parte 2

FAMERP 2016 – PROVA PARA MEDICINA – PARTE 2

06) Analise a figura, que mostra o cariótipo de uma pessoa.

Considerando apenas o cariótipo obtido, é correto afirmar que a análise corresponde a
A) um homem com uma triploidia.
B) um homem com uma aneuploidia.
C) uma mulher com uma trissomia.
D) um homem com uma monossomia.
E) uma mulher com uma poliploidia.

07) Espinhos são encontrados em certas variedades de limoeiros e acúleos são encontrados nas roseiras. É correto afirmar que, nas plantas,
A) os espinhos são anexos epidérmicos e os acúleos são folhas ou ramos modificados e ambos atuam na proteção.
B) os espinhos e os acúleos são ramos modificados e atuam na secreção de substâncias.
C) os espinhos e os acúleos são anexos epidérmicos e atuam na captação de luz.
D) os espinhos e os acúleos são folhas modificadas e atuam na proteção.
E) os espinhos são folhas ou ramos modificados e os acúleos são anexos epidérmicos e ambos atuam na proteção.

08) A fermentação lática e a respiração celular são reações bioquímicas que ocorrem em diferentes condições nas células musculares, gerando alguns produtos similares. Sobre essas reações, assinale a alternativa correta.

A) A fermentação ocorre na ausência de gás oxigênio e a respiração celular ocorre somente na presença desse gás. As duas reações geram energia, armazenada na forma de ATP.
B) A fermentação ocorre na presença de gás carbônico e a respiração celular ocorre na ausência desse gás. As duas reações geram ATP, um tipo de energia.
C) A fermentação ocorre na ausência de gás oxigênio e a respiração celular ocorre somente na presença desse gás. As duas reações absorvem energia da molécula de ATP.
D) A fermentação ocorre na presença de ácido lático e a respiração celular ocorre na ausência desse ácido. As duas reações liberam a mesma quantidade de energia na forma de ATP.
E) A fermentação ocorre na presença de gás oxigênio e a respiração celular ocorre na ausência desse gás. As duas reações geram energia, armazenada na forma de ATP.

09) A distrofia muscular do tipo Duchenne é uma doença determinada por um alelo recessivo ligado ao cromossomo X. Ela causa degeneração progressiva dos músculos esqueléticos.
Júlia, que tem pais normais e um irmão com essa distrofia, casa-se com Pedro. A genealogia ilustra essas informações.

A probabilidade de Júlia gerar uma criança com distrofia muscular será de
A) 1/4.
B) 1/2.
C) 1/8.
D) 1/6.
E) 1/16.

10) A figura mostra um cromossomo duplicado com dois pequenos segmentos de DNA, em que suas respectivas sequências de bases nitrogenadas estão apontadas.

Considerando que não houve permutação e nem mutação, é correto afirmar que:

A) no segmento 1, a sequência de bases é CCAC e sua sequência complementar é GGTG.
B) no segmento 1, a sequência de bases é TATG e sua sequência complementar é ATAC.
C) no segmento 2, a sequência de bases é CCAC e sua sequência complementar é GGUG.
D) no segmento 2, a sequência de bases é AUAC e sua sequência complementar é UAUG.
E) no segmento 2, a sequência de bases é TATG e sua sequência complementar é GGTG.

RESOLUÇÃO:
06) O cariótipo apresentado é de uma pessoa do sexo masculino (presença dos cromossomos X e Y) com 3 cromossomos 21, o que indica uma trissomia (no caso, síndrome de Down). A ocorrência de um cromossomo a mais (ou a menos) é chamada de aneuploidia.
Resp.: B

07) Espinhos e acúleos são estruturas pontiagudas com função de defesa. Os espinhos são folhas modificadas (ex.: cactáceas) ou projeções caulinares (ex.: limoeiro), enquanto os acúleos são anexos epidérmicos.
Resp.: E

08) Tanto a respiração celular como a fermentação são processos de obtenção de energia, na forma de ATP, pelas células. A fermentação ocorre na ausência do gás oxigênio (O2), enquanto a respiração aeróbia é dependente desse gás.
Resp.: A

09) Analisando o heredograma, tem-se:

Júlia pode ser homozigota (XDXD) ou heterozigota (XDXd). Para que ela tenha uma criança afetada pela doença, ela precisa de ser heterozigota. A probabilidade dela ser heterozigota é de 1/2.

Considerando Júlia heterozigota, tem-se o seguinte cruzamento:

Desse cruzamento, a probabilidade de nascer um descendente com distrofia de Duchenne é de 1/4 (XdY).
Então, a probabilidade é: 1/2 (da mãe ser heterozigota) x 1/4 = 1/8
Resp.: C

10) Em um cromossomo duplo, cada metade longitudinal é uma cromátide, que corresponde a uma molécula de DNA (com dois filamentos complementares) e essas cromátides (chamadas irmãs) são geneticamente idênticas. Então, a sequência que ocorre em 1 é a mesma de sua cromátide irmã, assim como a sequência 2 é a mesma de sua cromátide irmã.
Resp.: B

VEJA TAMBÉM:
Famerp 2016 – prova para medicina resolvida – parte 1
– Famerp 2015 – prova para medicina resolvida – parte 1
Famerp 2015 – prova para medicina resolvida – parte 2

0 comments… add one

Leave a Comment