Fuvest 2016 resolvida

01) No esquema abaixo, está representada uma via metabólica; o produto de cada reação química, catalisada por uma enzima específica, é o substrato para a reação seguinte.

Num indivíduo que possua alelos mutantes que levem à perda de função do gene
A) A, ocorrem falta do substrato 1 e acúmulo do substrato 2.
B) C, não há síntese dos substratos 2 e 3.
C) A, não há síntese do produto final.
D) A, o fornecimento do substrato 2 não pode restabelecer a síntese do produto final.
E) B, o fornecimento do substrato 2 pode restabelecer a síntese do produto final.

02) Em relação ao fluxo de energia na biosfera, considere que
– A representa a energia captada pelos produtores;
– B representa a energia liberada (perdida) pelos seres vivos;
– C representa a energia retida (incorporada) pelos seres vivos.
A relação entre A, B e C na biosfera está representada em:
A) A < B < C.
B) A < C < B.
C) A = B = C.
D) A = B + C.
E) A + C = B.

03) No heredograma ao lado, a menina II-1 tem uma doença determinada pela homozigose quanto a um alelo mutante de gene localizado num autossomo. A probabilidade de que seu irmão II-2, clinicamente normal, possua esse alelo mutante é

A) 0
B) 1/4
C) 1/3
D) 1/2
E) 2/3

04)  Alimentos de origem vegetal e animal fornecem nutrientes utilizados pelo nosso organismo para a obtenção de energia e para a síntese de moléculas.
Após determinada refeição, completadas a digestão e a absorção, o nutriente majoritariamente absorvido foi a glicose.
Considerando as alternativas abaixo, é correto afirmar que essa refeição estava constituída de
A) contrafilé na brasa.
B) camarão na chapa.
C) ovo frito.
D) frango assado.
E) arroz e feijão.

05) Tatuzinhos-de-jardim, escorpiões, siris, centopeias e borboletas são todos artrópodes. Compartilham, portanto, as seguintes características:
A) simetria bilateral, respiração traqueal e excreção por túbulos de malpighi.
B) simetria bilateral, esqueleto corporal externo e apêndices articulados.
C) presença de cefalotórax, sistema digestório incompleto e circulação aberta.
D) corpo não segmentado, apêndices articulados e respiração traqueal.
E) corpo não segmentado, esqueleto corporal externo e excreção por túbulos de malpighi.

06) Atualmente, os seres vivos são classificados em três domínios: Bacteria, Archaea e Eukarya. Todos os eucariotos estão incluídos no domínio Eukarya, e os procariotos estão distribuídos entre os domínios Bacteria e Archaea. Estudos do DNA ribossômico mostraram que os procariotos do domínio Archaea compartilham, com os eucariotos, sequências de bases nitrogenadas, que não estão presentes nos procariotos do domínio Bacteria.
Esses resultados apoiam as relações evolutivas representadas na árvore

07) A cobra- coral –  Erythrolamprus aesculapii – tem hábito diurno, alimenta-se de outras cobras e é terrícola, ou seja, caça e se abriga no chão. A jararaca – Bothrops jararaca – tem hábito noturno, alimenta-se de mamíferos e é terrícola. Ambas ocorrem, no Brasil, na floresta pluvial costeira.
Essas serpentes
A) disputam o mesmo nicho ecológico.
B) constituem uma população.
C) compartilham o mesmo hábitat.
D) realizam competição intraespecífica.
E) são comensais.

08) Nos mamíferos, o óvulo é uma célula que constitui o gameta feminino. Nas fanerógamas (gimnospermas e angiospermas), denomina-se óvulo a estrutura multicelular que contém o gameta feminino. Em mamíferos e fanerógamas, o resultado da fecundação normal quanto ao número de conjuntos cromossômicos é

09) A pele humana atua na manutenção da temperatura corporal.
Analise as afirmações abaixo:
I. Em dias frios, vasos sanguíneos na pele se contraem, o que diminui a perda de calor, mantendo o corpo aquecido.
II. Em dias quentes, vasos sanguíneos na pele se dilatam, o que diminui a irradiação de calor para o meio, esfriando o corpo.
III. Em dias quentes, o suor produzido pelas glândulas sudoríparas, ao evaporar, absorve calor da superfície do corpo, resfriando-o.
Está correto apenas o que se afirma em
A) I.
B) II.
C) I e II.
D) I e III.
E) II e III.

10) Considere o processo de divisão meiótica em um homem heterozigótico quanto a uma característica de herança autossômica recessiva (Hh). O número de cópias do alelo h nas células que estão no início da intérfase (A), nas células que estão em metáfase I (B) e naquelas que resultam da segunda divisão meiótica (C) é

Resolução:
01) Uma inatividade do gene A leva à não formação do substrato 2 e, por conseguinte, do substrato 3 e do produto final.
Resp.: C

02) Os produtores são responsáveis pela captação da energia luminosa; parte dessa energia é usada pelo próprio organismo, parte se perde (incorporada em moléculas orgânicas) e parte é incorporada aos seres vivos.
Dessa forma, A = B + C.
Resp.: D

03) Como a menina II-1 é portadora de uma doença autossômica (gene localizado em um cromossomo autossomo, isto é, sem ligação com o sexo) e seus pais são normais, conclui-se que a doença é condicionada por alelo recessivo e os pais são heterozigotos.
Então, o casal I-1 x I-2 tem genótipo Aa x Aa.
Efetuando o cruzamento, tem-se:

Como a criança II-2 é clinicamente normal, elimina-se o genótipo aa (pessoa afetada pela doença). Dessa forma, a probabilidade do indivíduo II-2 possuir o alelo mutante (a) é de 2/3 (genótipos em azul no quadro acima).
Resp.: E

04) A glicose é o monômero constituinte do amido. Dentre as opções fornecidas, o arroz e o feijão são alimentos ricos em amido cuja digestão, portanto, libera grande quantidade de glicose que pode ser absorvida pelo organismo.
Resp.: E

05) Todos os artrópodes possuem apêndices articulados (artrópodes = patas articuladas), um exoesqueleto quitinoso e simetria bilateral.
Resp.: B

06) Como os procariotos do Dominio Archea compartilham, com os eucariotos, sequências de bases nitrogenadas que não são encontradas nos procariotos do Dominio Bacteria, isso indica que os integrantes do Domínio Archea são mais próximos evolutivamente dos eucariotos que dos integrantes do Domínio Bacteria.
Resp.: B

07) As duas serpentes são encontradas na floresta pluvial costeira do Brasil; logo,  compartilham o mesmo habitat.
Resp.: C

08) O embrião é sempre diploide, seja em animais seja em fanerógamas (resultado da fecundação do gameta feminino, haploide, pelo gameta masculino, também haploide).
Já o tecido de reserva é haploide nas gimnospermas (representado pelo próprio gametófito feminino) e triploide nas angiospermas (resultado da fecundação dos dois núcleos polares por um dos núcleos espermáticos).
Não há uma opção coerente.
O gabarito oficial trouxe letra A.

09)
I. Verdadeira (pessoas de pele muito clara ficam, inclusive, com a pele meio arroxeada).
II. Falsa. Com a vasodilatação periférica, ocorre uma maior perda de calor para o meio.
III. Verdadeira.
Resp.: D

10) No início da intérfase, a célula está com cromossomos simples. Isso indica que há apenas 1 cópia do alelo H e uma cópia do alelo h.
Na metáfase I a célula encontra-se com os cromossomos duplicados; isso significa que há 2 alelos H e 2 alelos h.
Ao término da meiose II, cada célula filha contém apenas 1 cromossomo de cada tipo. Assim, 50% dos gametas formados terão o alelo H e 50% dos gametas formados terão o alelo h.
Resp.: B

Veja também:
Prova resolvida da Unicamp 2015 – parte 1
Prova resolvida da Unicamp 2015 – parte 2

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *