Prova resolvida – Facisb 2014

Confira resolução da Facisb 2014

01)  Analise o heredograma, que representa uma família em que os indivíduos II-1, III-5 e III-7 são portadores da distrofia muscular de Duchenne, uma doença de herança genética recessiva e ligada ao sexo.

Com relação a essa doença, é correto afirmar que
A) os indivíduos II-2 e III-6 apresentam genótipos heterozigotos.
B) é restrita ao sexo masculino e não há como explicar porque III-4 não é afetado.
C) é condicionada à presença de dois alelos recessivos nos homens.
D) se os indivíduos III-5 e III-7 tiverem filhos homens, eles herdarão seus alelos recessivos.
E) os indivíduos I-2 e II-3 apresentam mesmo genótipo.

02) A figura representa a organização anatômica do sistema urinário humano.

O caminho percorrido por um cálculo renal expelido, desde sua formação no néfron até o exterior do sistema urinário, é
A) duto coletor → bexiga → ureter → uretra.
B) duto coletor → ureter → bexiga → uretra.
C) uretra → duto coletor → bexiga → ureter.
D) duto coletor → bexiga → uretra → ureter.
E) ureter → bexiga → duto coletor → uretra.

03) A figura mostra a raiz de uma leguminosa com nódulos característicos, desenvolvidos a partir de uma interação com bactérias.

Considere que a concentração de nutrientes do solo onde foram plantadas tais leguminosas tenha sido analisada antes e depois do plantio. A análise do solo, posterior ao plantio, indica a
A) elevação da quantidade de matéria orgânica, em função da ação das bactérias.
B) menor absorção de macronutrientes pelo vegetal, em função da presença das bactérias.
C) capacidade de fixação de um componente atmosférico no solo, por meio das bactérias.
D) redução das concentrações de N, P e K, em função do crescimento da população das bactérias.
E) alta absorção de nutrientes minerais pela raiz, mesmo com a ação das bactérias.

04) A figura 1 mostra uma larva de ouriço-do-mar e a figura 2 mostra o animal adulto. O estágio larval apresenta simetria bilateral, enquanto o adulto apresenta simetria radial.

A simetria radial favorece a fixação do animal ao substrato, já a simetria bilateral proporciona
A) a cefalização.
B) o hermafroditismo.
C) o desenvolvimento direto.
D) a reprodução sexuada.
E) a fecundação externa.

05)  A figura mostra dois esporângios foliares de pteridófitas, estando o da direita no exato momento da liberação de seus esporos

É possível relacionar a liberação de esporos pelas pteridófitas com a liberação de sementes pelas angiospermas, pois ambos os processos promovem diretamente
A) o processo sexuado de polinização.
B) a mistura de genes entre os indivíduos.
C) o desenvolvimento de esporófitos vasculares.
D) a dispersão de suas espécies.
E) a evolução do grupo vegetal.

06) Uma amostra de tecido de um paciente foi coletada e conduzida a um laboratório de análises. Entre diversos exames, foi realizada a análise citogenética do cariótipo, na qual se verificou a existência de um par de cromossomos sexuais idênticos e vinte e dois pares de autossomos.
Tal cariótipo é certamente proveniente
A) dos linfócitos masculinos ou femininos.
B) das hemácias femininas.
C) dos espermatozoides ou dos óvulos.
D) das gônadas masculinas.
E) do útero.

07)  O esquema representa uma célula eucarionte animal.

Supondo tratar-se de uma célula produtora de secreção lipídica e proteica, as organelas citoplasmáticas envolvidas diretamente na síntese desse muco estão indicadas, na figura, pelos números
A) III, VI, VII e VIII.
B) II, III, IV e IX.
C) II, V, VI e IX.
D) I, III, V e VII.
E) I, II, V e VII.

08) A presença de líquens em árvores, conforme ilustra a figura, indica a existência de duas relações ecológicas.

Tais relações são:
A) a simbiose, entre o fungo e o musgo, e a cooperação, entre o líquen e a árvore; sendo ambas harmônicas.
B) o mutualismo, entre a alga e o fungo, e o inquilinismo, entre o líquen e a árvore; sendo ambas harmônicas.
C) a cooperação, entre a alga e o musgo, e o comensalismo, entre o líquen e a árvore; sendo ambas harmônicas.
D) o mutualismo harmônico, entre o fungo e o musgo, e o parasitismo desarmônico, entre o líquen e a árvore.
E) a competição, entre a alga e o musgo, e o epifitismo, entre o líquen e a árvore; sendo ambas desarmônicas.

09) O processo evolutivo é inerente a todas as espécies de seres vivos, porém não pode ser percebido em curto espaço de tempo, sendo necessárias centenas de gerações para ser evidenciado.
Uma das evidências evolutivas ocorrida no grupo dos vertebrados é
A) a viviparidade dos répteis e aves.
B) o desenvolvimento do ovo calcário dos anfíbios, répteis e aves.
C) a embriogênese dos peixes, anfíbios, répteis, aves e mamíferos.
D) o surgimento da reprodução sexuada nos peixes.
E) a endotermia dos répteis e mamíferos.

10) A dengue, a AIDS e a gripe causada pelo H1N1 são viroses atualmente monitoradas pelos órgãos de saúde pública. Uma semelhança entre esses vírus está no fato de apresentarem RNA como material genético.
Entretanto, o HIV, causador da AIDS, é considerado um retrovírus, pois
A) utiliza seu RNA diretamente como mensageiro, ribossômico e transportador durante a infecção.
B) converte seu RNA em DNA antes da contaminação.
C) contém uma enzima, a transcriptase reversa, para síntese de DNA a partir do RNA.
D) modifica o genoma humano, convertendo o DNA em RNA.
E) não depende dos processos celulares de transcrição do RNA e tradução de proteínas.

Resolução:
01) Um gene ligado ao sexo é aquele que está presente no cromossomo X e não ocorre no cromossomo Y. Dessa forma, sempre que um homem é afetado por uma doença condicionada por gene ligado ao sexo, foi a mãe quem transmitiu esse gene ao filho (homem).
Assim, no heredograma proposto, têm-se os seguintes genótipos:

A) Falsa. Não é possível afirmar o genótipo de II.2 e de III.6
B) Falsa. III.4 não é afetado porque herdou o alelo para normalidade (XD) da mãe.
C) Falsa. Para o homem ser afetado, basta a presença de um alelo recessivo.
D) Falsa. O cromossomo X do homem só aparece nas filhas.
E) Verdadeira (ver heredograma acima).
Resp.: E

02) Do néfron, o cálculo passará ao duto coletor (já nas pirâmides renais), seguindo depois pelos ureteres até a bexiga urinária. Através da uretra, o cálculo é eliminado no meio externo.
Resp.: B

03) Os nódulos contêm a bactéria Rhizobium, capaz de fixar o gás nitrogênio, com formação de compostos nitrogenados que serão utilizados pelas plantas para a biossíntese de moléculas orgânicas nitrogenadas, como ácidos nucleicos e aminoácidos.
Resp.: C

04) A ocorrência de uma simetria bilateral favorece o desenvolvimento de uma região cefálica (onde se concentram os órgãos dos sentidos) e de uma região caudal.
Resp.: A

05) Tanto a dispersão dos esporos nas pteridófitas como a dispersão das sementes favorece a disseminação da espécie (conquista de novos habitats).
Resp.: D

06) A ocorrência de um par de cromossomos X idênticos indica que o paciente é do sexo feminino. Logo, tais células foram retiradas do útero (lembre-se de que as hemácias são anucleadas).
Resp.: E

07) A secreção lipídica é produzida no retículo endoplasmático liso (IV), enquanto a parte proteica é produzida nos ribossomos associados ao retículo endoplasmático rugoso (II e III). A eliminação da secreção é feita pelo complexo de Golgi (IX).
Resp.: B

08) Entre as algas e os fungos (que compõem o líquen) há a relação de mutualismo. Entre o líquen e a árvore, ocorre a relação de inquilinismo.
Resp.: B

09) A viviparidade não surgiu nos répteis (ocorre somente nos mamíferos). Nos anfíbios, o ovo não é calcário.
A reprodução sexuada não surgiu no grupo dos peixes.
A endotermia não ocorre em répteis.
Resp.: C

10) A característica marcante dos retrovírus é a ocorrência da enzima transcriptase reversa, que possibilita a produção de DNA tendo o RNA viral como molde.
Resp.: C

Veja também:
Prova resolvida da Unievangélica 2017-2

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *