Prova resolvida Albert Einstein 2018

PROVA DE BIOLOGIA – ALBERT EINSTEIN 2018

01)  O nome cacto é atribuído a plantas da família Cactaceae. Os cactos são conhecidos, dentre outras características, pela presença de inúmeros espinhos caulinares e capacidade de armazenar água. No entanto, algumas espécies de plantas que apresentam esse mesmo aspecto vegetal pertencem à família Euphorbiaceae, ou seja, têm maior parentesco evolutivo com plantas tais como a mandioca e a seringueira. A figura a seguir mostra a semelhança entre essas plantas.
Considerando essas informações, é CORRETO afirmar que as plantas da figura representam um caso evolutivo de


A) homologia.
B) camuflagem.
C) herança de caracteres adquiridos.
D) analogia.

02) Em humanos, a definição dos tipos sanguíneos do sistema ABO depende da ação conjunta do loco H e do loco ABO. O alelo dominante H é responsável pela síntese do chamado antígeno H, enquanto que essa produção não ocorre por ação do alelo recessivo h, muito raro na população. Os alelos IA e IB, por sua vez, são responsáveis pela conversão do antígeno H em aglutinógenos A e B, respectivamente, enquanto o alelo recessivo i não atua nessa conversão. Considerando que na tipagem sanguínea se identifica a presença apenas de aglutinógenos A e B, e não do antígeno H, é possível que uma pessoa de sangue tipo O tenha genótipos diferentes, tais como
A) HhIAIB e HHIA
B) Hhii, hhIAi e hhIAIB.
C) hhii, HhIAi e HHIAIB.
D) HHii e hhIAi e HhIB

03)  A estrela-do-mar da espécie Pisaster ochraceus é predadora do molusco bivalve Mytilus californianus, e ambos habitam, juntamente com outras espécies marinhas, determinadas áreas de costão rochoso. Ao predar os bivalves, as estrelas-do-mar criam espaço no substrato para fixação de outras espécies. Com a intenção de estudar a dinâmica das comunidades biológicas desses costões, pesquisadores fizeram a remoção sistemática das estrelas-do-mar em uma área (Área 1) e as mantiveram em outra área (Área 2). Em seguida, contabilizaram, durante uma década, o número de espécies diferentes que viviam fixadas ao substrato, em cada um dessas comunidades. O gráfico a seguir mostra a variação desse número de espécies ao longo dos anos nas duas áreas estudadas.

Considerando as informações acima, é CORRETO afirmar que
A) Mytilus californianus é uma espécie que se prolifera rapidamente na ausência de estrelas-do-mar, a ponto de ocupar amplamente o substrato e não deixar outras espécies se fixarem.
B) a espécie Pisaster ochraceus exerce pouca influência na determinação da composição de espécies nos costões das áreas estudadas.
C) a Área 1, conforme mostra o gráfico, é mais representativa de uma situação ideal de equilíbrio ecológico em um ecossistema que a Área 2.
D) a Área 2, conforme mostra o gráfico, tem sua diversidade de espécies definida pelo crescimento explosivo do molusco bivalve.

04)

A charge faz uma sátira às múltiplas potencialidades vetoriais do mosquito Aedes aegypti. Para completar a charge, seria necessário incluir mais uma bola com o nome
A) malária.
B) febre amarela.
C) escarlatina.
D) tuberculose.

05) Nas plantas de tabaco ocorre uma doença conhecida como mosaico do tabaco, provocada pelo vírus TMV. O TMV tem constituição simples: uma única molécula de RNA encapsulada em um revestimento de proteína. Linhagens diferentes desses vírus são identificáveis pela composição do envoltório proteico.
Em um experimento clássico da década de 1950, pesquisadores trabalharam com duas linhagens de TMV. Em cada uma das linhagens, separaram as proteínas do RNA. Em seguida, reuniram as proteínas da linhagem A com o RNA da linhagem B e vice-versa, reconstituindo, assim, vírus completos capazes de infectar as folhas do tabaco. Se uma planta de tabaco fosse infectada com uma linhagem mista de TMV contendo proteínas da linhagem A e RNA da linhagem B, seria esperado encontrar, após algum tempo, nas folhas infectadas,
A) apenas vírus mistos, contendo proteína da linhagem A e RNA da linhagem B.
B) apenas vírus mistos, contendo proteína da linhagem B e RNA da linhagem A.
C) apenas vírus da linhagem B.
D) apenas vírus da linhagem A.

 

RESOLUÇÃO:
01) Trata-se de um caso de analogia. Aqui, organismos sem parentesco evolutivo são submetidos a pressões seletivas semelhantes, e estruturas semelhantes são selecionadas.
Resp.: D

02) A formação dos aglutinógenos A e B depende da presença do antígeno H, produzido por ação do alelo H. Dessa forma, pessoas com genótipo hh não produzem o antígeno H e, portanto, sempre aparecerão como O (assim, hhIAIB é O; ou falso O).
Já as pessoas consideradas O (verdadeiro) têm genótipo H-ii (apesar de terem o antígeno H, não formam os aglutinógenos A/B, pois têm genótipo ii).
Resp.: B

03) A análise do gráfico revela uma queda acentuada da biodiversidade na área em que as estrelas-do-mar foram retiradas. Uma possível explicação é que a espécie de molusco Mytilus californianus tenha proliferado rapidamente, impedindo a instalação de novas espécies.
Resp.: A

04) Além de Zica, Dengue e Chicungunya, o mosquito Aedes aegypti também transmite a febre amarela.
Resp.: B

05) Os vírus são formados por envelope de proteína (capsídeo) em que os capsômeros (moléculas proteicas) são produzidas pela célula hospedeira, sob comando do material genético viral. Dessa forma, como os vírus que foram inoculados são constituídos por RNA da linhagem B, todas os novos vírus serão da linhagem B.
Resp.: C

VEJA TAMBÉM:
Prova resolvida do Albert Einstein 2017-2

0 comments