Pism 2 – prova aplicada em 2017

01) “O fermento biológico é composto por fungos microscópicos vivos, enquanto o químico (ou em pó) é feito à base de bicarbonato de potássio. A forma como eles agem é bastante distinta. Os fungos do fermento vivo se alimentam da glicose da farinha de trigo: sua digestão produz, entre outras substâncias, as bolhas de gás carbônico (ou dióxido de carbono) que fazem a massa crescer. (…) O pó já começa a reagir na hora de bater o bolo e, na maioria das vezes, continua a fazê-lo enquanto o bolo está no forno. Já os fungos do fermento biológico demoram um pouco a fazer seu trabalho e morrem no calor do forno. Assim, em receitas com fermentação biológica, como pães e pizzas, é necessário esperar a massa crescer antes de começar a assá-la.”
Revista Superinteresssante, 31 de outubro de 2016
São feitas as seguintes afirmativas:
I. Fungos multicelulares são constituídos por filamentos microscópicos denominados hifas e o conjunto de hifas denomina-se micélio.
II. Fungos são tradicionalmente estudados junto aos vegetais por possuírem parede celular celulósica em suas células.
III. Fungos podem respirar em presença ou em ausência de oxigênio; nesse último caso, realizam fermentação láctica ou alcoólica.
IV. Além de espécies que são utilizadas pela humanidade, como as do texto acima, algumas espécies de fungos podem causar doenças em vegetais e animais.
V. Além da utilização pela humanidade, fungos são importantes para o ecossistema por serem agentes decompositores.
São CORRETAS:
A) I, II, III e IV
B) I, II, III e IV
C) I, III, IV e V
D) I, II, III e V
E) I, IV e V

02) “O crescimento e o desenvolvimento de um organismo pluricelular não seriam possíveis sem que houvesse uma comunicação efetiva entre as suas células, tecidos e órgãos. Tanto nas plantas quanto nos animais, a regulação e a coordenação do metabolismo, do crescimento e da morfogênese dependem de sinais químicos, denominados hormônios. O termo “hormônio” provem do grego horman, que significa “estimular”.”
Raven, P.H.; Evert, R.F; Eichhorn, S.E. 2014. Biologia Vegetal. 8ª ed. Ed. Guanabara Koogan S.A., RJ.
São feitas as seguintes afirmativas sobre hormônios vegetais:
I. As auxinas são responsáveis pelo crescimento do vegetal, pela dominância apical e pelo desenvolvimento de frutos.
II. O etileno promove o amadurecimento de frutos.
III. As giberelinas promovem a germinação de sementes e o alongamento do caule.
IV. As citocininas são inibidoras de crescimento e promotoras de dormência de gemas e sementes.
V. O acido abscísico estimula o desenvolvimento de gemas e retarda o envelhecimento de órgãos.

São CORRETAS:
A) I, II e III
B) II, III e IV
C) III, IV e V
D) I, II e V
E) II, IV e V

03) Após um levantamento da saúde da população em um município brasileiro, a Equipe Municipal de Saúde identificou um aumento considerável dos casos de parasitoses. Assim foi sugerida ao Prefeito a implementação das seguintes medidas para controle dessas parasitoses, além do tratamento das pessoas doentes:
I. Instalação de telas nas portas e janelas residenciais.
II. Implantação de um programa de inspeção sanitária nos matadouros e açougues do município.
III. Realização de uma campanha de esclarecimento sobre os perigos de banhos em lagoas.
É correto afirmar que essas medidas, identificadas em I, II e III, teriam sucesso se as parasitoses diagnosticadas nesse município fossem, respectivamente:
A) Ascaridíase – Doença de Chagas – Ancilostomose
B) Filariose – Ancilostomose – Esquistossomose
C) Ancilostomose – Ascaridíase – Malária
D) Doença de Chagas – Teníase – Esquistossomose
E) Teníase – Malária – Ancilostomose

04)  Considerando a diversidade de mamíferos como um todo, é INCORRETO afirmar que
A) surgiram após a Era Mesozóica, também conhecida como “Era dos Répteis”.
B) possuem uma camada rica em células adiposas sob a pele, o panículo adiposo.
C) são tradicionalmente caracterizados pela presença de glândulas mamárias, estruturas derivadas da epiderme, tanto em machos quanto em fêmeas.
D) podem apresentar reprodução ovípara.
E) a grande diversidade do grupo encontra-se entre os chamados Mamíferos Placentários, os Eutheria.

05) Sobre as interações ecológicas INTRAESPECÍFICAS é CORRETO afirmar que:
A) as colônias diferem das sociedades porque os indivíduos que vivem em sociedades não estão estruturalmente ligados entre si, enquanto nas colônias existe a dependência física.
B) as colônias e as sociedades têm em comum o fato de obrigatoriamente haver a divisão de trabalho entre seus indivíduos.
C) as relações de competição intraespecífica ocorrem quando os nichos ecológicos não são os mesmos para os indivíduos.
D) a competição intraespecífica é considerada direta quando um indivíduo consome recursos de modo a torná-los indisponíveis para outros.
E) as colônias isomorfas são constituídas por indivíduos anatomicamente distintos, especializados em funções diferentes.

RESOLUÇÃO:
01) Apenas a afirmativa II está incorreta. Os fungos são organismos heterótrofos, com digestão extracorpórea, e que conseguem o alimento por absorção. São integrantes do Reino Fungi.
Resp.: C

02) As afirmativas IV e V estão incorretas.
O hormônio inibidor do crescimento e promotor da dormência de gemas e sementes é o ácido abscísico.
O hormônio que estimula o desenvolvimento de gemas e retarda o envelhecimento de órgãos é a citocinina.
Resp.: A

03) Medida I: reduzir a incidência de doenças veiculadas por insetos, como doença de chagas, malária, dengue, febre amarela…
Medida II: reduzir a incidência de doenças veiculadas pela carne como, por exemplo, a teníase.
Medida III: Reduz a incidência de doenças como, por exemplo, a esquistossomose (a cercaria é encontrada na água e penetra ativamente pela pele ou mucosas).
Resp.: D

04) Os mamíferos surgiram na Era Mesozoica, provavelmente, no período Jurássico.
Resp.: A

05) Colônias e sociedades são relações intraespecíficas positivas (ocorrem entre indivíduos de uma mesma espécie e não há prejuízo para nenhum dos envolvidos). No caso das colônias os indivíduos mantêm-se anatomicamente unidos, o que não ocorre nas sociedades.
Resp.: A

Veja também:
Prova resolvida da PUC-Campinas 2017-2

0 comments