UERJ 2016 – 2º exame de qualificação – prova de biologia resolvida

UERJ 2016 – 2º EXAME DE QUALIFICAÇÃO

01) O ciclo de Krebs, que ocorre no interior das mitocôndrias, é um conjunto de reações químicas aeróbias fundamental no processo de produção de energia para a célula eucarionte. Ele pode ser representado pelo seguinte esquema:

Admita um ciclo de Krebs que, após a entrada de uma única molécula de acetil-CoA, ocorra normalmente até a etapa de produção do fumarato.
Ao final da passagem dos produtos desse ciclo pela cadeia respiratória, a quantidade total de energia produzida, expressa em adenosinas trifosfato (ATP), será igual a:
A) 3
B) 4
C) 9
D) 12

02)  A população de uma espécie de roedores, com pelagem de diferentes colorações, foi observada em dois momentos: antes e depois da ocorrência de uma profunda transformação no meio em que vivem. As curvas abaixo representam esses dois momentos.

A alteração ocorrida na frequência do fenótipo da população de roedores, após a mudança do meio, é um exemplo de seleção denominada:
A) direcional
B) disruptiva
C) estabilizadora
D) não adaptativa

03) A reprodução em animais do sexo masculino envolve uma série de divisões celulares, que produzem espermatócitos primários e secundários como etapas intermediárias para a produção dos gametas masculinos.
Considere um macho adulto diploide que apresenta 28 cromossomos em suas células somáticas.
Nesse caso, seus espermatócitos primários e seus espermatócitos secundários devem conter, respectivamente, os seguintes números de cromossomos:
A) 28 – 14
B) 14 – 28
C) 28 – 28
D) 14 – 14

04) Em plantas carnívoras, a folha não é utilizada apenas para realização de fotossíntese, mas também para alimentação, através da captura de insetos. Como as plantas com muitas adaptações para o carnivorismo apresentam um gasto energético extra em estruturas como glândulas e pelos, suas folhas são, em geral, menos eficientes fotossinteticamente.

Considere três tipos de plantas:

  • não carnívoras;
  • carnívoras pouco modificadas para tal função;
  • carnívoras altamente modificadas para tal função.

Com o objetivo de estudar a adaptação para esse modo de alimentação, os três tipos foram colocados em quatro meios experimentais diferentes.
Observe a tabela:

As plantas carnívoras altamente modificadas tiveram melhor adaptação, sobretudo, no seguinte meio experimental:
A) W
B) X
C) Y
D) Z

05) A temperatura e a pressão afetam a solubilidade do oxigênio no sangue dos organismos. Alguns animais marinhos sem pigmentos respiratórios realizam o transporte de oxigênio por meio da dissolução desse gás diretamente no plasma sanguíneo. Observe a variação da solubilidade do oxigênio no plasma, em função da temperatura e da profundidade a que o animal esteja submetido, representada nos gráficos abaixo.

Um estudo realizado sob quatro diferentes condições experimentais, para avaliar a dissolução de oxigênio no plasma desses animais, apresentou os seguintes resultados:

O transporte de oxigênio dissolvido no plasma sanguíneo foi mais favorecido na condição experimental representada pela seguinte letra:
A) W
B) X
C) Y
D) Z

06) Um morador de uma cidade situada no nível do mar decidiu passar um período de férias em uma cidade com altitude de 2500 m. Antes da viagem, os resultados de seu exame de sangue eram compatíveis com a normalidade em todos os parâmetros medidos. No entanto, logo nos primeiros dias da viagem, sentiu fortes tonturas e dores de cabeça, apesar de não ter entrado em contato com agentes infecciosos ou com substâncias químicas nocivas ao organismo.

As condições ambientais responsáveis pelo surgimento desses sintomas são também responsáveis por estimular o organismo dessa pessoa a produzir um maior número de células denominadas
A) linfócitos
B) hemácias
C) plaquetas
D) megacariócitos

RESOLUÇÃO:
01) Até a etapa de fumarato são produzidos 2 NADH, 1 GTP e 1 FADH2.
Classicamente, cada NADH fornece 3 ATP’s; o GTP é equivalente a 1 ATP e cada FADH2 fornece 2 ATP’s. Assim, o total de ATP produzido é 9.
Resp.: C

02) O esquema mostra a seleção natural do tipo disruptiva, em que os fenótipos extremos são selecionados. Inicialmente, os fenótipos intermediários eram selecionados (seleção estabilizadora). Após mudanças mudança no meio, os fenótipos claros e os fenótipos escuros é que passaram a ser selecionados.
Resp.: B

03) Durante a gametogênese, as espermatogônias originam os espermatócitos primário somente por crescimento. Dessa forma, os espermatócitos primários são células diploides (2n = 28 cromossomos). Já os espermatócitos secundários formam-se a partir da 1ª divisão meiótica, que ocorre nos espermatócitos primários. Dessa forma, os espermatócitos secundários são células haploides (n= 14), porém, com cromossomos ainda duplos.
Resp.: A

04) Como as plantas carnívoras são pouco eficientes fotossinteticamente, são menos eficientes que as demais plantas em condições de boa iluminação.
Por outro lado, são mais competitivas que as demais plantas em ambientes com pouco minerais no solo, além de conseguir certos minerais por meio da captura de insetos.
Dessa forma, as plantas carnívoras altamente modificadas tiveram melhor desempenho no meio X.
Resp.: B

05) A análise do gráfico revela que a maior solubilidade do oxigênio ocorre em temperaturas mais baixas e maior pressão, como indicado na condição W.
Resp.: A

06) Em regiões de altitude mais elevada, a pressão parcial do oxigênio é menor, o que dificulta as trocas gasosas. Procurando compensar essa menor disponibilidade de oxigênio, o corpo passa a produzir uma maior quantidade de hemácias (eritrócitos / glóbulos vermelhos), que são células sanguíneas responsáveis pelo transporte desse gás.
Resp.: B

VEJA TAMBÉM:
– UERJ 2016 – 1º exame de qualificação – prova de biologia resolvida

0 comments