Questão resolvida sobre estômatos, da UFPB

(UFPB – PSS) Os estômatos são células modificadas da epiderme responsáveis pelas trocas gasosas entre a planta e o
ambiente. Essas trocas se dão através do ostíolo, que tem seus movimentos de abertura ou fechamento provocados, entre outros fatores, pela concentração de água e de íons K+, no citoplasma das células-guardas, concentração de CO2 e O2 , na câmara subestomática, e pela intensidade luminosa.
Com relação à influência desses fatores na abertura ou fechamento dos ostíolos, é correto afirmar que a
A) alta intensidade luminosa promove o fechamento.
B) alta concentração de CO2 , na câmara subestomática, promove a abertura.
C) baixa concentração de O2 , na câmara subestomática, promove o fechamento.
D) alta concentração de K+, no citoplasma das células-guardas, promove o fechamento.
E) baixa concentração de água, no citoplasma das células-guardas, promove a abertura.

RESOLUÇÃO:
A abertura e o fechamento dos ostíolos depende de diversos fatores, como disponibilidade de água no solo, luz, concentração de CO2 e até estresse ambiental.
Na presença de luz, com disponibilidade de água, e baixa concentração de CO2 na câmara subestomática, os estômatos ficam abertos.
Com baixa concentração de O2 na câmara subestomática os estômatos ficam fechados, uma vez que não precisam de eliminar o excesso de O2 ( importante lembrar de que o excesso de O2 leva à fotorrespiração, que é prejudicial à produção de glicose).
Resp.: C

VEJA TAMBÉM:
Questão resolvida sobre transporte de água nas plantas, da Unifor 2017-2

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.