Questão resolvida envolvendo retirada da casca de árvore, da UPE

(UPE/2014) Leia o texto a seguir:

Insatisfeito com uma árvore na sua calçada, um sujeito decidiu matá-la sem deixar suspeitas, cometendo um crime ambiental por não ter solicitado autorização à prefeitura. Com um artefato cortante, retirou um anel completo da casca, conforme mostra a figura a seguir. Entretanto, um morador do bairro, ao perceber que a árvore estava morrendo, chamou um analista ambiental da prefeitura, especialista em Botânica, para emitir um parecer técnico.

Assinale a alternativa que representa corretamente o parecer do perito quanto à morte da árvore com a retirada da casca.
A) Interrompeu o fluxo de seiva elaborada das folhas em direção às raízes, expondo o xilema.
B) Permitiu que fungos e bactérias nocivas colonizassem o floema, levando à putrefação do caule.
C) Interrompeu o fluxo da seiva bruta das folhas para os órgãos consumidores, expondo o floema à dessecação.
D) Expôs os vasos condutores do xilema e floema à dessecação, evitando o transporte de água da raiz às folhas aos galhos.
E) Reduziu a taxa fotossintética das células do tecido caulinar até níveis insustentáveis para a árvore.

RESOLUÇÃO:
Na casca das árvores encontram-se os feixes liberianos (vasos condutores do floema), responsáveis pelo transporte de produtos fotoassimilados (a chamada seiva elaborada) das folhas aos órgãos não fotossintetizantes da planta como, por exemplo, as raízes.
Dessa forma, ao anelar o caule, ocorre interrupção do fluxo de seiva elaborada para as raízes. O caule, que se vê, com a remoção da casca, é rico em vasos condutores do xilema.
Resp.: A

VEJA TAMBÉM:
Questão resolvida sobre condução de seiva, da UFRGS 2014

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.