Questão discursiva sobre febre amarela, do São Camilo

(São Camilo/2016-2) A febre amarela apresenta dois ciclos epidemiológicos de acordo com o local de ocorrência e a espécie de vetor (mosquito transmissor): urbano e silvestre. A última ocorrência de febre amarela urbana no Brasil foi em 1942, no Acre. Hoje,
ainda se teme a presença da febre amarela em áreas urbanas, especialmente depois do final da década de 70, quando o
mosquito Aedes aegypti retornou ao Brasil.
Os sintomas são: febre, dor de cabeça, calafrios, náuseas, vômito, dores no corpo, icterícia (a pele e os olhos ficam amarelos) e hemorragias.
(http://bvsms.saude.gov.br)
a) Além da vacina, cite duas medidas profiláticas que podem reduzir a propagação da febre amarela nas áreas urbanas.

b) Explique a causa da icterícia no corpo de uma pessoa que tenha adquirido a febre amarela.

 

RESOLUÇÃO:
A) Além da vacinação, poderiam ser citadas como medidas profiláticas da febre amarela: uso de repelentes; manter caixas d´água tampadas; não deixar água acumulada em pratos de vasos de flores; guardar vasilhames que possam acumular água de boca para baixo….

B) A icterícia é decorrente do acúmulo de bilirrubina devido ao comprometimento das funções hepáticas pelo vírus da febre amarela.

VEJA TAMBÉM:
Questão resolvida sobre doenças e formas de transmissão, da UFSM 2015

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.