UERJ 2018 – 2º exame de qualificação – prova de biologia resolvida

UERJ 2018 – 2º EXAME DE QUALIFICAÇÃO

01) Árvore Genealógica: a linhagem dos homens modernos

Na árvore genealógica acima, observam-se mudanças evolutivas na linhagem que deu origem ao homem moderno.
Todos os eventos evolutivos são caracterizados pelo seguinte aspecto:
A) alterações populacionais ao longo do tempo
B) aumento da eficácia dos processos metabólicos
C) manutenção da variabilidade do material genético
D) transformações estruturais durante a vida do indivíduo

02) Por serem formados por sedimentos bem finos, que se deslocam facilmente, os solos dos mangues são mais instáveis. Árvores encontradas nesse ambiente apresentam adaptações que garantem sua sobrevivência, como o formato diferenciado de suas raízes, ilustrado na imagem.

O formato diferenciado de raiz desses vegetais contribui para o seguinte processo:
A) fixação
B) dispersão
C) frutificação
D) desidratação

03) Os capilares são os vasos sanguíneos que permitem, por difusão, as trocas de substâncias, como nutrientes, excretas e gases, entre o sangue e as células.
Essa troca de substâncias é favorecida pela seguinte característica dos capilares:
A) camada tecidual única
B) presença de válvulas móveis
C) túnica muscular desenvolvida
D) capacidade de contração intensa

04) Junções comunicantes ou junções gap, um tipo de adaptação da membrana plasmática encontrada em células animais, permitem a comunicação entre os citoplasmas de células vizinhas.

Esse tipo de associação entre as células proporciona o seguinte resultado:
A) forte adesão
B) barreira de proteção
C) integração funcional
D) exocitose de substâncias

05) Várias plantas possuem flores hermafroditas, ou seja, que apresentam os dois sexos. Em alguns desses casos, as estruturas femininas, os estigmas, estão posicionadas acima das estruturas masculinas, as anteras, conforme destacado na imagem.

Esse arranjo das partes reprodutoras está diretamente associado à seguinte vantagem:
A) atração de insetos
B) proteção ovariana
C) dispersão do pólen
D) variabilidade genética

RESOLUÇÃO:
01) O processo evolutivo é caracterizado pela ocorrência de descendência com modificações, que ocorre nas populações ao longo das gerações.
Evolução, do ponto de vista científico, não significa necessariamente, o surgimento de linhagens mais complexas, como ocorre no uso da palavra no dia a dia.
Resp.: A

02) As raízes, com grande área em relação ao tronco, garantem uma melhor fixação da planta no solo, dando uma maior estabilidade à planta.
Resp.: A

03) A característica dos capilares sanguíneos que os favorece na troca de substâncias com os tecidos e órgãos é a ocorrência de apenas uma camada de células de revestimento.
Resp.: A

04) As junções comunicantes (junções gap) permitem a passagem de substâncias de uma célula a outra, proporcionando uma integração das funções das células envolvidas, visto que muitas substâncias atuam como ativadoras ou reguladoras de diferentes processos do metabolismo celular.
Resp.: C

05) A ocorrência de estigmas mais elevados que as anteras dificulta a chegada de grão-de-pólen oriundo da própria flor aos estigmas, reduzindo, portanto, a ocorrência de autofecundação e favorecendo a fecundação cruzada, o que garante maior variabilidade genética  e maior probabilidade de viverem no ambiente em que se encontram.
Resp.: D

VEJA TAMBÉM:
UERJ 2018 – 1º exame de qualificação – prova de biologia resolvida

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *