Unesp 2022 – segunda fase – prova de biologia resolvida

UNESP 2022 – RESOLUÇÃO DAS QUESTÕES DE BIOLOGIA DA SEGUNDA FASE

01) Considere o trecho extraído da bula de determinado medicamento indicado pelo médico a seu paciente.

COMO ESTE MEDICAMENTO FUNCIONA?
Inibe de forma não competitiva a síntese do 1,3-β-D glucano, um componente essencial da parede celular do patógeno, que é constituída basicamente de polissacarídeos (glicanas e quitinas) e proteínas. Ao inibir a síntese de glicanas, leva à perda da integridade da parede celular, fragilidade osmótica, ruptura celular e morte do agente.

O medicamento em questão foi indicado para o combate

A) à Candida albicans, em um tratamento de infecção no trato genital em uma mulher imunodeprimida.
B) ao Rhabdovirus, a um paciente suspeito de ter contraído raiva por meio de mordida animal.
C) à Rickettsia rickettsii, em um caso suspeito de febre maculosa por contato com o carrapato-estrela.
D) à Entamoeba histolytica, em um caso de diarreia sanguinolenta por infecção intestinal.
E) ao Oxyurus vermicularis, em um caso de uma criança que se queixava de dores abdominais e intenso prurido anal.

02) Dois vasos, um deles com uma planta heliófila e outro com uma planta umbrófila, ambas de mesmo porte e com suprimento hídrico adequado, foram expostos durante todo o período da manhã à luz do Sol. Às 12h os vasos foram deslocados para um ambiente coberto, sombreado, com intensidade luminosa reduzida quando comparada àquela do ambiente externo, e com temperatura constante e igual àquela medida às 12h. Os dois vasos permaneceram nesse ambiente até as 18h.

As intensidades da fotossíntese e da respiração dessas plantas foram quantificadas às 12h e às 18h. Verificou-se que as plantas não diferiram na quantidade de oxigênio consumido.
Os dados obtidos foram registrados no gráfico.

No gráfico, nos dois horários de medição, as barras que mostram a intensidade da fotossíntese na planta heliófila, a intensidade da fotossíntese na planta umbrófila e a intensidade da respiração comum às plantas são, respectivamente, as de números

A) 2, 1 e 3.
B) 3, 2 e 1.
C) 1, 3 e 2.
D) 1, 2 e 3.
E) 2, 3 e 1.

03) No intervalo dos estudos para a prova de biologia, três amigos, Paulo, Ricardo e Thiago, conversavam à mesa de uma lanchonete enquanto esperavam o lanche que haviam pedido.
Para passar o tempo, um deles propôs o seguinte desafio: considerando o sistema de classificação taxonômica de 5 reinos, cada um deveria listar os reinos aos quais pertenciam os organismos que deram origem aos ingredientes de seus respectivos lanches. Pagaria a conta aquele cujo lanche contasse com o menor número de reinos representados.
Paulo havia pedido omelete com queijo fresco, presunto e cebola; Ricardo pediu pão de fermentação natural recheado com coalhada seca e ervas; Thiago pediu filé de frango com cogumelos frescos grelhados em azeite de oliva.
O resultado do desafio foi:

A) Thiago pagou integralmente a conta.
B) Ricardo pagou integralmente a conta.
C) empate e cada um pagou seu lanche.
D) Paulo e Thiago dividiram a conta.
E) Ricardo e Thiago dividiram a conta.

04) Sangue raro presente em apenas 11 famílias brasileiras salva bebê na Colômbia

Um bebê de Medellin, na Colômbia, foi salvo graças a uma transfusão realizada com o sangue de um doador cearense. O sangue doado é de um tipo raro chamado fenótipo Bombaim, ou falso O.
Pessoas com esse tipo de sangue só podem receber doação de outras que tenham o mesmo tipo sanguíneo.
(https://g1.globo.com. Adaptado.)

Os indivíduos com fenótipo Bombaim não apresentam o alelo dominante H, o qual codifica uma enzima que transforma uma substância precursora no antígeno H. Esse antígeno H, por sua vez, é transformado em antígeno A ou antígeno B por enzimas codificadas pelos alelos IA ou IB, respectivamente.
Considerando as informações da notícia e a explicação sobre o fenótipo Bombaim, afirma-se que
A) um indivíduo de tipo sanguíneo O, filho de um casal em que ambos são de tipo sanguíneo AB, necessariamente terá um de seus pais homozigoto recessivo no loco H.
B) uma amostra de sangue de fenótipo Bombaim aglutina- se na presença de anticorpo anti-H, mas não se aglutina na presença de anticorpos anti-A ou anti-B.
C) indivíduos com fenótipo Bombaim não podem doar sangue para outros indivíduos com fenótipo tipo A, tipo B ou tipo AB, mas podem ser doadores para quaisquer pessoas de tipo O.
D) indivíduos com fenótipo Bombaim produzem anticorpos contra o antígeno H do sangue de doadores tipo O que não tenham o fenótipo Bombaim.
E) um casal em que ambos são de tipo sanguíneo O não Bombaim pode gerar crianças de tipo sanguíneo O, mas não pode gerar crianças com fenótipo Bombaim.

05) Leia o trecho extraído do livro O maior espetáculo da Terra, do biólogo evolutivo e escritor britânico Richard Dawkins.

“… imaginemos que toda a terra firme fosse reunida em um imenso continente no meio de um mar sem outros acidentes geográficos. Não há ilhas perto da costa, nem lagos ou cordilheiras em terra: nada para quebrar a monótona, uniforme vastidão. Em um mundo assim, um animal pode ir facilmente de uma parte a qualquer outra, limitado apenas pela distância, jamais tolhido por barreiras inóspitas. Esse não é um mundo favorável à evolução. A vida na Terra seria uma tremenda chatice se não houvesse ilhas.”

(O maior espetáculo da Terra. 2009.)

A afirmação de que “esse não é um mundo favorável à evolução” baseia-se na premissa de que, em um mundo assim, onde animais de reprodução sexuada podem ir facilmente de uma parte a qualquer outra, pode ocorrer
A) especiação alopátrica, mas não divergência adaptativa.
B) divergência adaptativa, mas não migração.
C) deriva genética, mas não seleção natural.
D) especiação simpátrica, mas não seleção natural.
E) seleção natural, mas não especiação alopátrica.

RESOLUÇÃO: 

01)  A presença de uma parede celular com quitina é característica dos fungos. Dessa forma, o medicamento pode ser empregado no tratamento de Candida albicans, agente etiológico da candidíase, uma doença do trato genital.
Resp.: A

02) A taxa fotossintética da planta heliófila diminui quando ela é colocada à sombra (barra 3). A taxa respiratória não sofre variação para nenhuma das plantas (barra 1).
A taxa fotossintética da planta umbrófila não sofre variação quando a planta é levada à sombra e é maior que a taxa respiratória (para que a planta possa sobreviver).
Resp.: B

03) Lanche de Paulo: Reino Metazoa (queijo; ovo; presunto) ; Metaphyta (cebola); Monera (bactérias empregadas na produção do queijo).
Lanche de Ricardo: Reino Metaphyta (trigo e ervas); Reino Fungi (fermento biológico); Reino Metazoa (leite usado) e Reino Monera (bactérias empregadas na produção da coalhada).
Lanche de Tiago: Reino Metazoa (filé de frango); Reino Fungi (cogumelos grelhados) e Reino Metazoa (azeite de oliva).
Paulo e Tiago consumiram lanche envolvendo organismos de 3 reinos, enquanto Ricardo consumiu lanche com representantes de 4 reinos.
Resp.: D

04) Compreendendo como ocorre a formação dos antígenos A e B:

Agora, analisando as alternativas, tem-se:

05) A possibilidade dos animais migrarem facilmente de uma região para outra possibilita um fluxo gênico entre as populações, o que impede a especiação alopátrica (com isolamento geográfico das populações). Em decorrência da própria reprodução sexuada e da ocorrência de mutações espontâneas, há uma variabilidade genética entre os indivíduos, sobre a qual atua a seleção natural.
Resp.: E

VEJA TAMBÉM:
Unesp 2020 – prova discursiva resolvida

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.