Questão resolvida discursiva sobre adição de antibióticos à ração, da UFRJ

(UFRJ) Visando a prevenir infecções, a adição de antibióticos na ração de animais domésticos tornou-se prática comum em muitos países. Ao longo dos anos, observou-se um aumento na porcentagem de bactérias que possuem genes que as tornam resistentes aos antibióticos, em detrimento das bactérias sensíveis. A partir de 1998, o governo da Dinamarca proibiu o uso de antibióticos na ração de animais. Os gráficos a seguir mostram a porcentagem de indivíduos resistentes a antibióticos nas bactérias Enterococcus fecalis e Enterococcus faecium encontradas no trato digestivo de animais dinamarqueses nos anos de 1995 e 2000.

Explique por que ocorre variação na porcentagem de bactérias resistentes a antibióticos entre os anos de 1995 e 2000.

RESOLUÇÃO:
Em decorrência da ação dos antibióticos, havia eliminação das bactérias sensíveis, favorecendo o aumento da população das bactérias resistentes.
Com a retirada do antibiótico na ração, as bactérias sensíveis também sobrevivem e competem com as resistentes, reduzindo a população das últimas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.