Questão resolvida envolvendo cor de flor, da UFPI

(UFPI) Plantas puras vermelhas e brancas foram cruzadas, e todas as plantas na geração F1 apresentaram fenótipo cor-de-rosa. As plantas F1 foram autopolinizadas e produziram descendência F2 branca, cor-de-rosa e vermelha.
Na discussão do experimento relatado, é correto afirmar que:
A) as plantas da geração F1 são resultantes de um cruzamento diíbrido e que os fenótipos recombinantes da geração F2 estão na razão 9:3:3:1.
B) as plantas da geração F2 são todas heterozigotas e que ambos os alelos são expressos em codominância, onde dois alelos em um locus produzem dois fenótipos e ambos aparecem em indivíduos heterozigotos.
C) as plantas da geração F1, quando autopolinizadas, dão origem em F2 a plantas fenotipicamente distribuídas na razão 1:2:1, pois o alelo para flores vermelhas apresenta dominância incompleta sobre o alelo para flores brancas.
D) as características fenotípicas das plantas da geração F1 e as da geração F2 são determinadas por um gene com alelos diferentes e que existe uma dominância hierárquica nas combinações dos genes.
E) as plantas da geração parental são heterozigotas, as da geração F1 são todas homozigotas e as da geração F2 são todas heterozigotas e cor-de-rosa.

RESOLUÇÃO:
A questão traz um exemplo clássico de herança intermediária, situação em que não há dominância entre os alelos de determinado gene. No caso dessa questão, o gene envolvido com a manifestação da cor da flor possui dois alelos: um responsável pela coloração vermelha (FV) e outro responsável pela coloração branca (FB).
Plantas com flores brancas são homozigotas (FBFB), assim como as plantas de flores vermelhas (FVFV).
Do cruzamento entre plantas de flores vermelhas com plantas de flores brancas, surgem os descendentes com flores de cor rósea (genótipo: (FVFB), que são heterozigotas.
Cruzando duas plantas com flores cor de rosa, tem-se a proporção de  1 vermelha: 2 róseas : 1 branca, conforme quadro abaixo.

Resp.: C

VEJA TAMBÉM:
Questão resolvida sobre trabalhos de Mendel, da Fama 2016-2

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *