Copie a tag abaixo e cole-a entre as tags de todas as páginas do seu site google-site-verification=6rc-huWciP349Oc1oPC4nnUHwCwjzFDTuzY_HkpPJ3w

Questão resolvida sobre kwashiorkor, da Fadep

(FADEP/2019) Leia o texto a seguir.
Caso extremo de desnutrição kwashiorkor marasmática em Moçambique
A desnutrição continua sendo uma das causas mais comuns de morbimortalidade entre crianças de todo o mundo.
Cerca de 9% das crianças menores de cinco anos de idade estão em risco de morte ou de grave comprometimento do seu crescimento e desenvolvimento psicológico. Este quadro configura um problema principalmente nos países
em desenvolvimento, onde há populações mais vulneráveis, devido à pobreza, déficits educacionais e maior incidência de doenças, dentre outros determinantes estruturais da desnutrição infantil. A desnutrição do tipo kwashiorkor marasmática caracteriza-se pela baixa concentração de albumina plasmática, com presença de edema e menos de 60% do peso esperado.
Fonte: Boletim científico Pediátrico. Caso extremo de desnutrição kwashiorkor marasmática em Moçambique.
Disponível em:<
http://www.sprs.com.br/sprs2013/bancoimg/131210133840bcped_02_06.pdf>.
Acesso 13 de out.2018.

As principais características fisiopatológicas associadas ao kwashiorkor marasmática que podem levar ao edema são
A) redução da pressão hidrostática e aumento da quantidade de albumina.
B) aumento da pressão coloidosmótica e a queda da pressão hidrostática.
C) redução da pressão coloidosmótica e da pressão hidrostática.
D) falta de albumina circulante acarreta a queda da pressão coloidosmótica.
E) falta de albumina circulante acarreta aumento da pressão coloidosmótica.

RESOLUÇÃO:
A albumina é uma proteína relacionada com a viscosidade do plasma sanguínea e com a pressão osmótica do plasma. Uma carência em albumina provoca uma redução dessa pressão osmótica.
Resp.: D

VEJA TAMBÉM:
USS 2017-2: prova de biologia resolvida.

0 comments… add one

Leave a Comment

Pular para a barra de ferramentas