USS 2018-2 prova de biologia resolvida

USS 2018 -2 – RESOLUÇÃO DAS QUESTÕES DE BIOLOGIA

01) Anfíbios como sapos, rãs e pererecas apresentam características morfológicas que os tornam mais vulneráveis aos efeitos da contaminação em ambientes aquáticos e no ar. Uma dessas características explica tanto o declínio populacional desses animais em ambientes poluídos quanto o uso desses anfíbios como bioindicadores.

Essa característica que torna os anfíbios mais suscetíveis à poluição ambiental é:
A) sangue frio
B) respiração cutânea
C) ciclo reprodutivo curto
D) coração com três cavidades

02) Uma das consequências do uso, indiscriminado e sem recomendação médica, de antibióticos pela população é o surgimento de superbactérias, resistentes até mesmo aos mais recentes medicamentos sintéticos desenvolvidos pela indústria farmacêutica.
Essas superbactérias surgem por meio do seguinte mecanismo:
A) convergência adaptativa
B) especiação simpátrica
C) mutação dirigida
D) seleção artificial

03) O carbono, elemento fundamental na constituição das moléculas orgânicas, é retirado e devolvido para a atmosfera pela ação de seres vivos de diferentes níveis tróficos.
Os organismos responsáveis pela retirada do carbono da atmosfera e pela transformação desse elemento químico em forma orgânica são denominados:
A) decompositores
B) consumidores
C) predadores
D) produtores

04) De acordo com o substrato, as enzimas atuam de forma específica como catalisadores biológicos, acelerando as reações químicas celulares. A variação na concentração de substrato é um dos principais fatores que alteram a velocidade das reações enzimáticas durante o metabolismo celular.
A relação entre a concentração de substrato e a velocidade de reação de determinada enzima é representada pelo seguinte gráfico:

05) Em um experimento com células bacterianas, foram realizadas as seguintes etapas:
I. Crescimento das células em meio cujas bases nitrogendas para incorporação ao DNA são formadas exclusivamente pelo isótopo pesado do nitrogênio, 15N.
II. Transferência das bactérias para novo meio nutritivo contendo apenas bases nitrogenadas com o isótopo leve do nitrogênio, 14N.
III. Manutenção das células nas condições da etapa II por duas gerações.
IV. Isolamento e centrifugação do DNA das células obtidas ao final da etapa III.

Considere que a imagem abaixo representa a disposição de moléculas de DNA, em tubo de ensaio, ao final da centrifugação, de acordo com a presença de bases nitrogenadas contendo 14N, 15N ou 14N e 15N.

Com base nessas informações, a disposição das moléculas de DNA bacteriano observado após a centrifugação da etapa IV é:

RESOLUÇÃO:

01) A respiração cutânea é um dos fatores que torna os anfíbios bioindicadores, uma vez que qualquer poluente presente no meio pode interferir diretamente no processo de trocas gasosas.
Resp.: B

02) O uso recorrente de antibióticos provoca a mortalidade das bactérias sensíveis  a ele, presentes no meio. Em contrapartida, as formas resistentes, com menor competição (em decorrência da mortalidade das formas sensíveis), proliferam mais rapidamente.
Resp.: D

03) Os organismos capazes de retirar o CO2 do ar, convertendo-o em matéria orgânica, são os organismos autotróficos, ou organismos produtores em uma cadeia alimentar.
Resp.: D

04) O aumento da concentração do substrato promove um aumento da atividade enzimática, até atingir certo valor, a partir do qual todas as enzimas encontram-se “ocupadas”; tem-se aí, uma saturação enzimática. O gráfico que melhor expressa essa variação está indicado pela opção A.

05) Inicialmente, a questão deveria informar qual o tipo de nitrogênio (14N ou 15N) presente nas bactérias colocadas em meio contendo apenas 15N.
Como o nitrogênio mais abundante na natureza é o 14N (conhecido como nitrogênio leve / não radioativo), consideremos que as primeiras bactérias possuíam material genético cujas bases eram exclusivamente portadoras de 14N.
Em um meio contendo apenas 15N, as novas moléculas de DNA serão constituídas por uma fita com 14N e outra de 15N, uma vez que a duplicação do DNA é semiconservativa.
Após a 1ª duplicação em meio com 14N, teremos 50% das células com DNA 14N-14N e 50% das células com DNA 14N-15N.
Veja o esquema abaixo:

Em uma nova duplicação, teremos 8 moléculas novas, das quais 6 serão do 14N-14N (as duas fitas em preto) e 2 moléculas serão do tipo 14N-15N (uma fita preta e outra azul).  O DNA do tipo 14N-14N é menos denso (fica por cima), enquanto o DNA do tipo 14N-15N é chamado intermediário (fica no meio do tubo, conforme mostrado no enunciado).
Resp.: A

VEJA TAMBÉM:
USS 2017-2 : prova de biologia resolvida

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.