Unicamp 2017 – segunda fase

Unicamp 2017 – segunda fase comentada

01) Quando se pretende transformar a espécie X na espécie Y, ambas devem ser unidas por fertilização e, em seguida, os híbridos resultantes devem ser fertilizados com o pólen de Y. Depois, das várias proles resultantes, seriam selecionadas aquelas que apresentassem maior semelhança com Y, que novamente seriam fertilizadas com pólen de Y, e assim sucessivamente até que, finalmente, Y se mantivesse constante nas gerações seguintes. Por este processo, a espécie X teria sido transformada na espécie Y.
(Adaptado de http://media.wix.com/ugd/b703be_02adaf2adad94fc08b146c5ab0e4b924.pdf. Acessado em 12/12/2016.)</small.

O trecho acima, adaptado da tradução do artigo de Gregor Mendel, ilustra o interesse de Mendel na transformação de espécies.
a) O processo descrito por Mendel está relacionado com que prática amplamente usada na agricultura? Quais as vantagens da utilização desse processo na agricultura?

b) Considerando que a espécie X tenha as características “A” e “B”, que a espécie Y tenha as características “a” e “b” e que os alelos “A” e “B” são dominantes, a partir do cruzamento de X com Y, em quantas gerações todos os descendentes resultantes teriam apenas as características ab? Quais seriam os genótipos formados em cada uma das gerações?

02) Em 2016 verificamos as consequências do derrame de grande volume de rejeitos de uma mineradora, que se espalhou pelo mar a partir da foz do rio Doce. Os resíduos formaram uma mancha móvel que alterou o equilíbrio do rio, do mar e impactou a economia local dependente da pesca.
a) Qual foi a consequência do avanço da lama na biodiversidade do ambiente marinho? Justifique.

b) Cite dois fatores decisivos para a recuperação da ictiofauna do rio Doce.

03)  A esquistossomose mansônica é uma doença que afeta 7 milhões de brasileiros atualmente. A vacina contra este helminto está em fase pré-clínica de testes e foi desenvolvida por pesquisadores brasileiros.
a) Quais são as formas infectantes para o hospedeiro vertebrado e para o hospedeiro invertebrado? Indique esses hospedeiros.

b) Vacinas são estratégias profiláticas importantes no combate a infecções, porém, até o momento, não existem vacinas contra essa parasitose. Cite duas medidas profiláticas efetivas para o controle dessa infecção no homem.

04)

A figura acima mostra duas reações perante os insetos mencionados, sob pontos de vistas diferentes.
a) Construa uma teia alimentar completa que inclua os organismos retratados na figura.

b) Considerando que insetos são, em geral, pobres em gorduras e açúcares, qual é a principal fonte de energia oriunda da ingestão de formigas? O que acontece com esse nutriente no estômago humano?

05) As plantas crescem e se desenvolvem em ambientes com grande variação na disponibilidade de energia luminosa, apresentando importante aclimatação da fotossíntese e da respiração foliar. A figura abaixo representa a variação das trocas gasosas de duas espécies, A e B, em função do aumento da disponibilidade de luz. Valores positivos indicam fotossíntese e valores negativos, respiração.
a) Qual espécie estaria mais apta a se desenvolver em ambientes de sub-bosque, onde a luz é um fator limitante e raramente excede 200 mmol m-2 s-1? Justifique sua resposta.

b) Além de modificações fisiológicas como as citadas nas trocas gasosas, cite outras duas características das folhas que tornariam as plantas aptas a se desenvolverem em ambientes sombreados.

06)  A biotecnologia está presente em nosso dia a dia, contribuindo de forma significativa para a nossa qualidade de vida. Ao abastecer um automóvel com etanol, estamos fazendo uso de um produto da biotecnologia obtido com a fermentação de açúcares presentes no caldo extraído da cana-de-açúcar. Após a extração do caldo, uma quantidade significativa de carboidratos presentes na estrutura celular é perdida no bagaço da cana-de-açúcar. A produção de etanol de segunda geração a partir do bagaço seria uma forma de aumentar a oferta de energia renovável, promovendo uma matriz energética mais sustentável.

a) Cite um carboidrato presente na estrutura da parede celular da cana-de-açúcar que poderia ser hidrolisado para fornecer os açúcares para a obtenção de etanol. Por que a biomassa é considerada uma fonte renovável de energia?

b) Como os micro-organismos atuam na fermentação e se beneficiam desse processo?

Resolução:
01)
A) O processo é o melhoramento genético, cujas vantagens são selecionar materiais com características que levem a uma maior produtividade, maior tolerância ao estresse hídrico e maior resistência a pragas e doenças.
B) Em três gerações. ( Parentais: AABB x aabb)
F1: AaBb
F2: AaBb; Aabb;  aaBb; aabb
F3: aabb

02)
A) Redução da biodiversidade. A presença de material particulado e de contaminantes na água provocou uma redução no número de indivíduos e de espécies no ambiente.
B) Remoção da lama e recuperação da mata ciliar.

03)
A) Cercária (hospedeiro vertebrado); miracídio (hospedeiro invertebrado).
B)  – Saneamento básico; – Diagnóstico e tratamento dos doentes.

04)
A) 

B)  Proteínas, que no estômago serão quebradas, liberando peptídeos.

05)
A)  Planta B, pois, exige menos luz  que a espécie A para que a taxa fotossintética supere a taxa respiratória.
B)  Maior tamanho das folhas; maior teor de clorofila nas folhas.

06)
A) Carboidrato: celulose.
A biomassa é considerada uma fonte renovável de energia porque é naturalmente reciclada em um intervalo de tempo razoavelmente curto.
B)  Os micro-organismos atuam no processo degradando carboidratos, com produção de etanol. Eles se beneficiam do processo pela obtenção de ATP (energia) produzido na fermentação.

Veja também:
Prova da FMP 2019 discursiva resolvida

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *