Unifor 2018-2 prova para medicina resolvida

Unifor 2018-2 – prova de biologia resolvida – vestibular para medicina

01) Profilaxia é a área da saúde que atua sobre os fatores da prevenção de doenças em níveis populacionais, no intuito de desenvolvimento e proteção das espécies. Medidas tomadas para que não haja a interação do agente infeccioso com o organismo têm como objetivo conter a inserção de doenças, quando não possível, controlar para que essas doenças não se disseminem.

Disponível em https://www.infoescola.com/saude/profilaxia/. Acesso em 22 abr. 2018.

Considerando a profilaxia da tuberculose, uma doença infecciosa e transmissível, que afeta prioritariamente os pulmões, embora possa acometer outros órgãos e sistemas, julgue as afirmativas:

I. A principal maneira de prevenir a tuberculose em crianças é com a vacina BCG (Bacillus Calmette Guérin), ofertada gratuitamente no Sistema Único de Saúde (SUS).
II. A quimioprofilaxia da tuberculose constitui-se numa medida terapêutica para a prevenção da infecção pelo Mycobacterium tuberculosis ou para evitar o desenvolvimento da doença.
III. As máscaras cirúrgicas oferecem proteção adequada contra a tuberculose quando utilizadas pelos profissionais de saúde, uma vez que a principal forma de transmissão é por contato físico.
IV. Na quimioprofilaxia da tuberculose, um dos principais medicamentos recomendado é a isoniazida, que é distribuído gratuitamente nos postos de saúde.

É correto apenas o que se afirma em:
A) I e II.
B) lI e III.
C) I, III e IV.
D) I, II e IV.
E) II, III e IV

02) Um empresário cearense teve um prejuízo de aproximadamente R$ 150 mil devido à morte de 15 toneladas de peixe durante o apagão em 21/03/2018 na cidade de Aquiraz, Região Metropolitana de Fortaleza. Os peixes da espécie tilápia estavam em um tanque que ficou sem oxigenação após as máquinas pararem de funcionar.

Fonte: https://g1.globo.com/ce/ceara/noticia/empresario-tem-prejuizo-de-r-150-mil-com-a-morte-detoneladas-de-peixes-durante-apagao-no-ceara.ghtml
Acesso em 22 abr. 2018.

Considerando a respiração dos peixes tilápia, julgue as afirmativas:
I. As tilapias morreram porque a saturação de oxigênio na água não foi suficiente para a realização das trocas gasosas nos pulmões destes peixes.
II. A queda brusca do oxigênio dissolvido no meio aquático é denominada depleção de oxigênio e compromete os mecanismos de geração de energia nos peixes.
III. A ausência de oxigênio bloqueia a respiração celular porque o aceptor final de elétrons é o O2, que, depois de se combinar com os elétrons e o hidrogênio, forma água.
IV. A mortandade dos peixes deu-se provavelmente por uma depleção de oxigênio que provocou o aparecimento de um agente infeccioso altamente virulento.

É correto apenas o que se afirma em:
A) I e II.
B) I e III.
C) II e III.
D) I, II, e III.
E) II, III e IV.

03) Principal aposta da medicina para correção de distúrbios genéticos e cura de doenças crônicas, a técnica de edição de genomas CRISPR-Cas9 tem, porém, limitações. Por isso, laboratórios de todo o mundo estão atrás de um aprimoramento da técnica que permita alterar o que está errado sem promover outras alterações na estrutura de dupla hélice. Foi o que conseguiu agora uma equipe do Instituto Salk, da Califórnia, que descreveu o novo método na edição da revista Cell. Os cientistas testaram, com sucesso, a adaptação da técnica em ratos com doença renal aguda, diabetes e distrofia muscular.

Fonte: https://www.uai.com.br/app/noticia/saude/2017/12/20/ noticias-saude,218803/tecnica-de-reparo-do-dna-pode-tratarproblemas-como-doenca-renal-e-dia.shtml Acesso em 12 set. 2017 (com adaptações).

Avanços nas técnicas de engenharia genética são importantes para correção de erros no DNA, uma vez que uma característica comumente observada em pessoas afetadas por distúrbios existentes nos sistemas de reparo do DNA é
A) anemia falciforme.
B) predisposição ao câncer.
C) retardo do envelhecimento.
D) estabilidade excessiva do genoma.
E) superprodução de imunoglobulinas.

04) São cada vez mais comuns os casos de microrganismos resistentes aos antibióticos conhecidos. Nessa luta entre o homem e a natureza estamos levando a pior. Contudo, “as superbactérias são espécies normais que vivem no nosso corpo”.
(Superinteressante, fev/2017, acesso em abril/2018)

Ao realizar um experimento para encontrar o que torna tais bactérias diferentes, melhor seria investigar:

I –  a existência de genes que as tornam resistentes aos fármacos antimicrobianos.
II –   a transcrição de proteínas como a quitina que aumenta a proteção contra o meio e os hospedeiros.
III –  a transferência de elementos de resistência como trasnposons e plasmídeos.
IV –  variações específicas nas sequências de nucleotídeos originando mutações.
V –   a disposição dos componentes da dupla-fita de DNA, como o fosfato e as bases nitrogenadas.

Analisando as afirmativas acima, é correto apenas o que se afirma em:

A) I, II e V.
B) I, III e IV.
C) I, III e V.
D) II, III e IV.
E) II, IV e V

05) Quanto à origem da vida na Terra, avalie as asserções que seguem e a relação propostas entre elas.

I. Na teoria da Origem da Fotossíntese, a equação 1: 6CO2 + 12H2 S + energia luminosa → C6 H12 + 6S2 + 6H2O teve que ser substituída pela equação 2: 6CO2 + 12H2 O + energia luminosa → C6 H12 + 6O2 + 6H2O

PORQUE

II. as bactérias fotossintetizantes, pioneiras na história da Terra, que utilizavam gás carbônico e sulfeto de hidrogênio (H2 S), foram capazes de sobreviver e invadir os mares e todos os ambientes úmidos do planeta ao utilizar água no lugar de H2 S, liberando oxigênio e aumentado progressivamente a concentração atmosférica desse elemento.

Acerca dessas asserções, assinale a opção correta:
A) As asserções I e II são proposições verdadeiras, e a II é uma justificativa correta da I.
B) As asserções I e II são verdadeiras, mas a II não justifica a I.
C) A asserção I é uma proposição verdadeira, e a II é uma proposição falsa.
D) A asserção I é uma proposição falsa, e a II é uma proposição verdadeira.
E) As asserções I e II são proposições falsas.

RESOLUÇÃO:
01) Apenas o item III é falso.
A principal forma de contaminação da tuberculose é por meio de gotículas de secreção eliminadas pelo doente, durante a fala, tosse ou espirro.
Resp.: D

02)
I. Falso. As tilápias apresentam respiração branquial.
II. Verdadeira.
III. Verdadeira.
IV. Falso. A mortalidade dos peixes foi decorrente da falta de O2 dissolvido na água.
Resp.: C

03) Distúrbios no DNA estão relacionados, em muitos casos, com a ocorrência de tumores (câncer), uma vez que a célula poderá produzir proteínas de membrana diferentes das normais e o reconhecimento celular pode ser comprometido.
Resp.: B

04) Estão incorretos os itens II e V.
II) A quitina é um polissacarídio (não uma proteína);
V) A disposição dos componentes da dupla-fita de DNA não varia entre os indivíduos (o que varia é a sequência de bases nitrogenadas).
A questão abordou um item não comentado no ensino médio: transposons. São trechos do DNA que podem migrar de um cromossomo para outro. Os transposons podem ser transferidos de uma bactéria a outra, contribuindo para aumento da variabilidade genética (inclusive com maior resistência a antibióticos).
Resp.: B

05) Inicialmente, é preciso considerar que ocorre formação de C6H12O6  (carboidrato) e, não de apenas C6H12 (um alceno).
Na proposição II há um erro ao descrever as bactérias fotossintetizantes como pioneiras na história da Terra; atualmente, admite-se que as primeiras formas de vida deveriam ser quimiossintetizantes.
O gabarito oficial trouxe D (o que discordamos).

VEJA TAMBÉM:
Unichristus 2018 resolvida – parte 1
– Unichristus 2018 resolvida – parte 2
Unichristus 2018 resolvida – parte 3

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.