Unicamp 2022 – prova de biologia da primeira fase resolvida

UNICAMP 2022 – RESOLUÇÃO DAS QUESTÕES DE BIOLOGIA DA 1ª FASE

01) O Programa Mundial de Alimentos da Organização das Nações Unidas (PMA-ONU) foi agraciado com o prêmio Nobel da Paz em 2020. No Brasil, um dos maiores produtores de alimentos do mundo, quatro em cada 10 famílias não tiveram acesso diário, regular, e permanente à quantidade suficiente de comida em 2017 e 2018. A fome é declarada quando a desnutrição é generalizada e quando as pessoas começam a morrer por falta de alimentos nutritivos e suficientes. A diversidade dos alimentos ingeridos garante nutrientes para o desempenho ideal das funções do organismo.

(Fonte: UNITED NATIONS [UN]. World Food Program. What is famine?
Disponível em https://www.wfp.org/stories/what-is-famine. Acessado em 08/06/ 2021.)

Assinale a alternativa correta sobre os nutrientes e sua importância para a saúde humana.
A) A hidrólise dos carboidratos essenciais fornece aminoácidos para a formação das proteínas, as quais têm função construtora de diferentes tecidos.
B) Os lipídios contêm desoxirriboses e ácidos graxos, constituem as membranas plasmáticas e participam da síntese de colesterol no organismo.
C) Os sais minerais são substâncias inorgânicas essenciais para diversas funções do organismo, como a síntese de glicogênio, de proteínas e de vitaminas.
D) As vitaminas atuam como antioxidantes e são substâncias energéticas cuja composição fornece ao organismo glicídios utilizados na respiração celular.

02) Após a transformação do meristema vegetativo em meristema floral, há o surgimento da flor. De forma genérica, uma flor é constituída por verticilos florais, que são: o cálice (constituído pelas sépalas), a corola (constituída pelas pétalas), o androceu e o gineceu.
Segundo o modelo de determinação genética ABC, a identidade dos verticilos é definida pela interação de pelo menos três genes. A atividade do gene A é necessária para a formação do perianto (verticilos não reprodutivos). A atividade do gene C é necessária para a formação dos verticilos reprodutivos. A atividade do gene B está envolvida na diferenciação entre pétalas (onde o gene B está ativo) e sépalas (onde o gene B está inativo), assim como na diferenciação entre estames (onde o gene B está ativo) e carpelos (onde o gene B está inativo).
Uma flor completa de angiosperma e duas flores hipotéticas (Flor I e Flor II) são apresentadas a seguir.

Assinale a alternativa que apresenta os genes ativos nas flores I e II.
A) flor I: A e B; flor II: B e C.
B) flor I: B e C; flor II: A e B.
C) flor I: A e B; flor II: A e C.
D) flor I: A e C; flor II: B e C.

03) “Eu estava tão fraca, meu corpo estava tão debilitado, que pensava: só quero terminar a obra antes de morrer”, relatou a artista plástica Gillian Genser durante a confecção da escultura que representaria Adão. Nessa obra, a artista utilizou conchas de mexilhão azul, que vive nas águas da costa Atlântica do Canadá. Mas durante a criação da obra, a artista apresentou sintomas de demência severa, dores que a imobilizavam, problemas de fala, desorientação espacial, perda de memória. Foi diagnosticada com envenenamento por arsênico e por chumbo, apesar de dizer aos especialistas que não trabalhava com materiais tóxicos, apenas naturais.

(Fonte: https://www.bbc.com/portuguese/geral-46908197.
Acessado em 11/06/2021.)

Considerando o relato da reportagem e seus conhecimentos, assinale a alternativa correta sobre os mexilhões.
A) São moluscos bivalves – considerados predadores ativos das cadeias tróficas –, capazes de metabolizar e excretar elevadas taxas de arsênico e chumbo.
B) São moluscos bivalves – considerados bentônicos filtradores – tolerantes à poluição e capazes de bioacumular elevadas taxas de arsênico e chumbo.
C) São crustáceos – considerados predadores ativos das cadeias tróficas –, capazes de metabolizar e excretar elevadas taxas de arsênico e chumbo.
D) São crustáceos – considerados bentônicos filtradores – tolerantes à poluição e capazes de bioacumular elevadas taxas de arsênico e chumbo.

04) A estiagem prolongada no Pantanal, devido às fracas temporadas de chuvas em 2019 e 2020, criou condições para a manutenção e propagação do fogo, e para o menor nível de inundação do Pantanal dos últimos 50 anos.
(Adaptado de Marcos Pivetta, Pesquisa Fapesp, São Paulo, v. 297, nov. 2020, p. 31-35.)

Considerando as informações fornecidas e seu conhecimento sobre os biomas, é correto afirmar que
A) a pluviosidade sobre os rios da bacia do rio Paraguai é determinante para as inundações do Pantanal, um bioma com misto de vegetações de floresta, cerrado e campo. A produtividade primária do bioma, devido à conversão de luz solar em energia e biomassa, dá suporte para os demais níveis tróficos.
B) a pluviosidade sobre os rios da bacia do rio Cuiabá é determinante para as inundações do Pantanal, um bioma com misto de vegetações de floresta, cerrado e caatinga. A produtividade primária do bioma, devido à conversão de luz solar em energia e matéria orgânica, dá suporte aos animais endêmicos.
C) as chuvas sobre os rios da bacia do rio Paraguai são importantes para o ciclo de alagamento do Pantanal, um bioma com misto de vegetações de floresta, cerrado e caatinga. A produtividade secundária do bioma, com a conversão de luz solar em energia e biomassa, dá suporte para os demais níveis tróficos.
D) as chuvas sobre os rios da bacia do rio Cuiabá são importantes para o ciclo de alagamento do Pantanal, um bioma com misto de vegetações de floresta, cerrado e campo. A produtividade secundária do bioma, com a conversão de luz solar em energia e matéria orgânica, dá suporte aos animais endêmicos.

05) Teorias sobre como o novo coronavírus (SARS-CoV-2) que passou a infectar os humanos surgiram em 2019. Foi aventada a possibilidade de transmissão zoonótica. Um estudo filogenético, com mais de 2 mil genomas únicos de coronavírus, apresentou a provável descendência de alguns coronavírus e alertou sobre a importância de investigar os vírus, como estratégia global de monitoramento de endemias, e não apenas em situações de emergência sanitária.

(Adaptado de Denis Jacob Machado e outros. Cladistics, Londres, v. 37, out. 2021, p. 461-488.)

O cladograma a seguir apresenta as relações filogenéticas entre os diversos vírus do gênero Betacoronavirus (Beta- CoV), incluindo seus respectivos hospedeiros.

A partir do cladograma, é correto afirmar que os betacoronavírus de

A) artiodáctilos são os grupos irmãos dos HCoV-4408 e SARS-CoV-2 de humanos, por meio de hospedeiros intermediários.
B) morcegos são os grupos irmãos dos SARS-CoV-2 e HCoV-OC43 de humanos, por meio de hospedeiros intermediários.
C) artiodáctilos são os grupos irmãos dos SARS-CoV, SARS-CoV-2 e MERS-CoV de humanos.
D) morcegos são os grupos irmãos dos SARS-CoV, SARS-CoV-2 e MERS-CoV de humanos.

06) Dezenas de espécies de fungos bioluminescentes já foram descritas, sendo 12 encontradas no Brasil. As estruturas fúngicas são capazes de bioluminescer, capacidade esta que tem significância ecológica uma vez que pode atrair dispersores de esporos, repelir fungívoros fotofóbicos ou indicar toxicidade do fungo. O processo de emissão de luz envolve as enzimas redutase e luciferase. Sabe-se que a emissão de luz depende da presença das duas proteínas e as reações são apresentadas a seguir.

Considerando as estruturas dos fungos e o processo de emissão de luz descrito, assinale a alternativa correta.

A) Corpos de frutificação são estruturas de fixação do fungo ao substrato; a emissão de luz nessas estruturas depende da presença de oxigênio.
B) Micélios são as estruturas reprodutivas dos fungos; a emissão de luz nessas estruturas dá-se no momento em que a luciferina é reduzida.
C) Hifas são filamentos ricos em quitina que permitem aos fungos obterem nutrientes; a emissão de luz nessas estruturas depende da presença de luciferina reduzida.
D) Esporos diploides são produzidos pelos gametângios; a emissão de luz nessas estruturas dá-se com a oxidação da oxiluciferina.

06) Vacinar-se é um ato necessário para proteção individual e coletiva. Até o momento, quatro vacinas contra o novo coronavírus (SARS-CoV-2) receberam autorização da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para uso no Brasil e podem apresentar biotecnologia distinta para promover a resposta imune do organismo.
Assinale a alternativa que apresenta corretamente a relação entre o princípio tecnológico da vacina e a resposta imune induzida no organismo vacinado.

A) O DNA sintético induz a produção da proteína spike do SARS-CoV-2, o que estimula a produção de antígenos pelo sistema imune.
B) O adenovírus, como um vetor viral replicante, carrega o gene da proteína spike do SARS-CoV-2 e induz a produção de anticorpos pelo sistema imune.
C) A partícula viral ativa do SARS-CoV-2 possui no capsídeo a proteína spike, que induz a produção de antígenos pelo sistema imune.
D) O RNAm sintético fornece instruções ao organismo para a produção da proteína spike do SARS-CoV-2, o que estimula a produção de anticorpos pelo sistema imune.

07)

A radiação infravermelha é uma radiação não ionizante emitida por todo corpo físico com temperatura acima do zero absoluto.
(Fonte: Portal G1. Acessado em 21/06/2021.)

Assinale a alternativa que preenche corretamente as lacunas no excerto a seguir.
O termômetro capta a radiação infravermelha emitida da superfície da fronte (testa), sendo unicamente um sensor de temperatura. Localizada no interior do cérebro, a glândula pineal faz parte do sistema (i) ____________ e é responsável pela liberação de (ii) ____________ durante a noite. Algumas funções dessa substância estão relacionadas à modulação nos padrões (iii) ____________ e à regulação (iv) ____________.

A) (i) endócrino; (ii) melatonina; (iii) do ciclo circadiano; (iv) da reprodução.
B) (i) nervoso; (ii) melatonina; (iii) de secreção da tireoide; (iv) da homeostase hídrica.
C) (i) endócrino; (ii) ocitocina; (iii) de secreção da tireoide; (iv) da homeostase hídrica.
D) (i) nervoso; (ii) ocitocina; (iii) do ciclo circadiano; (iv) da reprodução.

RESOLUÇÃO:

01) Os aminoácidos são os monômeros constituintes de proteínas, não de carboidratos.
A desoxirribose é um açúcar (pentose) que entra na composição do ácido desoxirribonucleico (DNA).
As vitaminas são substâncias orgânicas que atuam como ativadores enzimáticos em diversas vias metabólicas; não têm papel energético.
Resp.: C

02) A flor I apresenta somente os verticilos protetores (cálice e corola). Logo, nesta flor, o gene A (responsável pela formação do perianto) e o gene B (responsável pela diferenciação entre pétalas e sépalas) estão presentes.
Na flor II há cálice; logo, depende da presença do gene A (responsável pela formação dos verticilos não protetores) e o gene B está inativo (não há corola).  Como há carpelo na flor II, o gene C também está ativo.
Resp.: C

03) Os mexilhões (juntamente com ostras e mariscos) são moluscos pertencentes ao grupo dos bivalves, que se caracterizam pela ausência de rádula (estrutura responsável por raspar o substrato e obter alimento); são moluscos filtradores.
Em consequência da filtração, podem acumular metais pesados e outras substâncias em seus tecidos.
Resp.: B

04) O Pantanal tem como característica a presença de extensas planícies que tornam-se alagadas pelas águas do Rio Paraguai e de seus afluentes.
A vegetação, através do processo de fotossíntese, converte energia luminosa em energia química, armazenada nos compostos orgânicos (produtividade primária), responsáveis pela manutenção dos demais níveis tróficos.
Resp.: A

05) A análise do cladograma revela que  morcegos são os grupos irmãos dos SARS-CoV, SARS-CoV-2 e MERS-CoV de humanos, conforme mostrado abaixo.

06) Os fungos pluricelulares são formados por filamentos denominados hifas, cujo conjunto forma o micélio. As hifas é que são responsáveis pela fixação do fungo ao substrato.
Pela análise das equações fornecidas, conclui-se que a emissão de luz depende da presença de luciferina reduzida (LH2).
Resp.: C

07) Certas vacinas são constituídas pelo RNA mensageiro do agente causador da doença (no caso, o vírus Sars-Cov-2). Uma vez na célula humana, esse RNA é traduzido e ocorre produção da proteína spike, que é exportada e atua como antígeno, induzindo a produção de anticorpos pelo sistema imune.
Resp.: D

 07) A glândula pineal é integrante do sistema endócrino, sendo responsável pela produção do hormônio melatonina durante à noite. Tal hormônio está relacionado com o controle do ritmo circadiano e com a reprodução.

VEJA TAMBÉM:
Unicamp 2017 – segunda fase resolvida

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *